Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Só quem teve ou tem sinusite sabe o quão incômodo isso pode ser. Dores de cabeça, febre e mal-estar são só alguns sintomas dessa inflamação que causa desconforto em muitas pessoas. Mas o que é essa doença?

Sinusite é o termo usado para designar uma inflamação que acontece nas mucosas dos seios da face, que é a região do crânio que é formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos.

Essa parte do corpo é responsável por aquecer o ar que respiramos, diminuir o peso do crânio, facilitando a sustentação, além de dar ressonância à voz. Assim como o nariz, os seios da face são revestidos internamente por uma mucosa que é rica em glândulas produtoras de muco, além de cílios que são dotados de movimentos vibráteis que são responsáveis por conduzir o material estranho que fica retido no muco para a parte posterior do nariz, buscando eliminá-lo.

Aprenda como fazer infusões para sinusite

Foto: Reprodução/ internet

Sinusite

Alguns fatores podem causar predisposição à sinusite como alterações anatômicas que impedem a drenagem da secreção, além de processos infecciosos ou alérgicos. Isso acaba provocando inflamações das mucosas, facilitando a instalação de germes oportunistas.

Sinusite aguda: a sinusite aguda normalmente causa dores de cabeça na região do seio da face mais comprometido, podendo ser seio frontal, maxilar, etmoidal e esfenoidal. As dores podem variar entre fortes, em pontadas, pulsáteis ou ainda a sensação de peso e pressão na cabeça. A maioria dos casos, inclusive, apresenta obstrução nasal com presença de secreção de coloração amarelada ou esverdeada, sanguinolenta, que prejudica a respiração do indivíduo. Além desses sintomas, outros comuns são febre, cansaço, coriza, tosse e dores musculares, além da perda de apetite.

Sinusite crônica: a sinusite crônica apresenta os mesmos sintomas da aguda, mas pode variar na intensidade, e a dor nos seios da face e a febre podem estar ausentes. A tosse é, normalmente, o sintoma preponderante que normalmente aumenta durante a noite em quantidade e intensidade, principalmente quando a pessoa está deitada.

Infusões para sinusite

Eucalipto com sal

Com propriedades antissépticas e expectorantes, essa infusão ajuda a eliminar o catarro e combater a irritação do sistema respiratório.

Coloque em um recipiente, um litro de água e leve ao fogo. Quando começar a ferver, despeje em uma bacia e adicione cinco gotas de óleo essencial de eucalipto, ou um punhado das folhas, e uma colher de chá de sal. Pegue uma toalha e cubra a cabeça e a bacia, respirando o vapor do chá por 10 minutos, aproximadamente. Repita entre duas e três vezes ao dia.

Alecrim, cebola e sal

A receita é um excelente anti-inflamatório. Descasque e corte uma cebola inteira e coloque na água para ferver. Adicione o alecrim e o sal, e aguarde começar a ebulição. Depois disso, cronometre cinco minutos. Desligue  fogo e faça o mesmo procedimento de inalação descrito acima.

Sálvia

Coloque um litro de água e um punhado das folhas de sálvia em um recipiente e leve ao fogo. Quando começar a ferver, desligue. Faça a inalação como mencionado anteriormente.

Veja mais!