Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A vitamina E está presente em diversos alimentos comuns em nossa rotina alimentar, mas você sabe porque é tão importante consumir essa vitamina?

É necessário, para os adultos, consumir uma dose diária de, aproximadamente, 15 mg da vitamina Ela não está envolvida no metabolismo energético e, portanto, não engorda.

Benefícios

Ela serve principalmente para a proteção das células do organismo justamente por ser antioxidante. É bastante usada, portanto, para as terapias antienvelhecimento.

É popularmente conhecida como a vitamina antiestéril, ou ainda a vitamina da fertilidade, sendo muito indicada para mulheres que estão fazendo tratamento para conseguir engravidar e também para evitar abortos.

vitamina-e-saiba-para-que-serve-e-onde-encontra-la

Foto: depositphotos

Tocoferol, como é chamada cientificamente, é necessária para melhorar a absorção da vitamina A. Sua ação antioxidante é capaz de neutralizar a ação dos radicais livres, que são indicados como a causa de diversas doenças crônicas e degenerativas.

Protege ainda as gorduras contra a oxidação, contribuindo consequentemente para o bom funcionamento das funções celulares.

Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, pois impede que o colesterol ruim oxide, tornando-se ainda mais prejudicial e acumulando-se nas artérias.

A vitamina ajuda na formação dos glóbulos vermelhos, atua na dilatação dos vasos sanguíneos, previne o envelhecimento precoce da pele – estando presente, inclusive, em muitos cremes e protetores solares – e ajuda na manutenção do sistema imunológico.

É auxiliar de forma indireta na saúde dos ossos e dos músculos, pois ajuda na absorção do cálcio e do potássio, que são minerais essenciais para o funcionamento destes.

Ajuda quem deseja ganhar massa muscular, ajudando a recuperar os músculos mais rapidamente após a atividade física. Contribui ainda para a perda de peso, pois com isso, aumenta o gasto calórico.

Alimentos ricos em vitamina E

Agora que conhecemos seus benefícios, faz-se necessário indicar os alimentos que são ricos em vitamina E para que possam ser inseridos em sua alimentação.

Entre eles, encontramos, em sua maioria, alimentos de origem vegetal, como por exemplo os cereais integrais, óleos vegetais e sementes. A gema do ovo, o fígado e a gordura da carne, no entanto, também tem essa vitamina.

Apesar da vitamina em si não engordar, alguns alimentos que a contêm engordam, e por isso devem ser consumidos com cautela, como é o caso da gordura da carne – que faz mal à saúde -, os óleos vegetais, as nozes e as castanhas do pará, que são bastante calóricos.

Pode ser encontrada ainda em vegetais verdes escuros, principalmente no espinafre e no aspargo, que tem concentrações maiores, além do abacate, salmão, sardinha, semente de girassol, entre outros.

Deficiência em vitamina E causa o que?

É muito difícil, em pessoas saudáveis, encontrar baixos níveis de vitamina E, pois são muitos os alimentos que a contêm. A deficiência, normalmente, acontece em pessoas que são subnutridas ou ainda que tem problema na absorção de gorduras.

Pode prejudicar a coagulação sanguínea e a proteção deixa de existir, fazendo com que as células comecem a sofrer danos. A imunidade fica mais baixa, podendo ocorrer anemia e uma queda nos níveis de cálcio e potássio, prejudicando os músculos e os ossos.

Veja mais!