Publicado por Michelle Nogueira
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A dermatite é uma doença cutânea bastante comum em crianças, mas que pode ocorrer em qualquer idade. Manifesta-se das mais diversas formas, no entanto, a mais comum é conhecida como dermatite atópica, e atinge cerca de 15% das crianças – principalmente recém nascidos. A exatidão da causa é desconhecida, mas geralmente se dá por conta de alergias, ressecamento exacerbado da pele, reação a algum medicamento, má circulação, alguma resposta desordenada do sistema imunológico ou graças a algum componente hereditário.

Os principais sintomas são o ressecamento e a coceira intensa, além de manchas vermelhas ou até mesmo pequenas bolhas com um líquido transparente em seu interior. Vale lembrar que a dermatite tem cura, e seu tratamento pode ser feito através de pomadas e remédios. É importante frisar que o uso de receitas naturais serve apenas como complemento do tratamento convencional, não devendo, portanto, substituir uma visita ao seu médico dermatologista.

Aveia: por que faz bem?

A aveia possui propriedades emolientes, que regeneram a pele a protegem contra infecções. Ela é bastante utilizada no mercado dos cosméticos, justamente por conta de suas capacidades dermatológicas, sendo aproveitada na fabricação de cremes hidratantes ou óleos para peles secas e sensíveis. Os mais diversos tipos de sabonetes à base dessa planta também são facilmente encontrados.

Usando a aveia para dermatite

Foto: Pixabay

É rica em ácidos graxos poli-insaturados, silício e mucilagens, que cuidam da pele e garantem uma melhor elasticidade e suavidade, além de nutrir de forma poderosa. Ela também diminui a coceira e reduz o enrijecimento.

Como usar?

  • Cataplasma – Você pode preparar cataplasmas com a farinha de aveia e aplicar diretamente na região a ser tratada. Ferva meia caneca de aveia em um litro de água e espere esfriar. Depois, molhe um pano ou algodão nesse líquido e aplique sob a lesão.
  • Decocção – Coloque duas colheres (sopa) dos flocos e farelos de aveia em um litro de água. Esse preparo, além de servir para ser consumido como refresco, também serve para preparar um banho que suavizará e hidratará a pele. E ainda possui propriedades que relaxarão os nervos.
  • Cosméticos – Ainda pode ser aproveitada como cosméticos. Você pode usar sabonetes, cremes e géis de banho à base de aveia. Esses produtos são conhecidos por melhorar o estado das peles secas e delicadas.

Outros benefícios?

A palha e os grãos da aveia também tem a propriedade de estimular o ânimo, principalmente em crianças e idosos. É também bastante útil para o tratamento da depressão, da debilidade nervosa, do esgotamento e do desânimo. É usada para se recuperar após uma convalescênça. Devido ao grande teor de fibras, a aveia melhora a digestão e seu consumo regular faz com que o intestino funcione corretamente. Indica-se também o consumo de aveia para diabéticos, pessoas com colesterol alto e previne o câncer de intestino.

Veja mais!