Publicado por Michelle Nogueira
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Os japoneses são conhecidos por sua longevidade e qualidade de vida. Um dos aspectos mais marcantes da cultura desse povo é a disciplina. Desde a forma de falar, agir, o respeito, religião e até mesmo a alimentação é regida pela obediência. Esse sentimento é vinculado nos japoneses desde muito cedo, diria até que vem de gerações milenares, passadas de pai para filho.

E fazendo uso dessa disciplina, está a forma de comer. Quase completamente natural, a alimentação tradicional do Japão é rica em nutrientes dos mais variados, que garantem a saúde e bem-estar dessa nação. Baseado nisso, foi criada a dieta japonesa, que é na verdade um choque calórico no organismo, garantindo a perda de peso quase instantânea. Vale salientar que não é igual à alimentação dos japoneses, é fundamentada nela, por isso, tenha calma e não vá sair por aí comendo um monte de sushi e sashimi.

Como funciona?

Como dito, a obediência é alicerce fundamental nesse caso. Essa é uma dieta sem restrições, mas saiba que para funcionar, ela deve ser seguida à risca. Não pode haver substituições nos alimentos. Ela funciona de uma forma que vai baixar bastante sua ingestão de calorias. Esse método restringe carboidratos e é composto por apenas três refeições ao dia. É muito complicada de ser seguida, portanto, só tente essa dieta se você achar que consegue, e se tiver certeza que não vai prejudicar seu organismo.

Apesar do nome, a alimentação não tem os pratos típicos japoneses, eles são compostos apenas por alguns dos principais ingredientes do cardápio japonês.

Siga a dieta japonesa e emagreça sem sofrimento

Foto: Reprodução/ internet

Como fazer essa dieta?

A primeira coisa que você deve fazer é estabelecer uma meta. Essa meta será justamente a quantidade de peso que se quer perder. Ela será muito necessária para que você siga forte na dieta. Saiba que esse tipo de cardápio vai te fazer perder até seis quilos em uma semana, dependendo do seu organismo e se foram seguidas as regras.

Não esqueça também de beber muita água. Essa atitude ajudará tanto a controlar a fome quanto desintoxicar seu organismo. Procure beber, em média, três litros de água por dia. Mesmo após a dieta, procure manter um estilo de vida saudável, para que os quilos perdidos não voltem. E não esqueça de se policiar durante a dieta: seu corpo pode reagir negativamente à falta de carboidratos, por isso, priorize sua saúde. Se não se sentir bem, pare, e procure outro método.

Cardápio

A seguir, você verá o cardápio que deve ser seguido rigorosamente durante os sete dias de dieta.

Segunda-feira

Café da manhã – Café ou chá com adoçante.

Almoço – Dois ovos cozidos com sal e verduras.

Jantar – Um bife grande e salada de pepino e alface.

Terça-feira

Café da manhã – Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal.

Almoço – Verduras e frutas e um bife grande.

Jantar – Apenas presunto à vontade.

Quarta-feira

Café da manhã – Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal.

Almoço – Dois ovos cozidos, salada e tomate à vontade.

Jantar – Salada de repolho, cenoura e chuchu à vontade.

Quinta-feira

Café da manhã – Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal.

Almoço – Um ovo cozido, cenoura crua ou cozida à vontade e uma fatia de queijo mussarela.

Jantar – Salada de frua à vontade e um iogurte natural.

Sexta-feira

Café da manhã – Café ou chá com biscoito água e sal.

Almoço – Tomate à vontade e filé de peixe frito.

Jantar – Bife e salada de frutas à vontade.

Sábado

Café da manhã – Café ou chá com biscoito água e sal.

Almoço – Frango assado à vontade.

Jantar – Dois ovos cozidos com sal.

Domingo

Café da manhã – Café ou chá com biscoito água e sal.

Almoço – Um bife grande e frutas à vontade.

Jantar – Come o que quiser das opções desse regime.

Veja mais!