Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A pulsatilla é uma pequena planta que integra a família das ranunculáceas. A mesma é uma herbácea bastante popular devido suas flores com pétalas cuja coloração é violeta ou púrpura, geralmente, com seis sépalas. Este vegetal é predominante em praticamente toda a região da Europa, sobretudo nas pradarias secas e em solos siliciosos e calcários.

Dotada de folhas finas e bem divididas, as quais podem alcançar até 40 centímetros de altura, a pulsatilla é também conhecida pelas nomenclaturas de flor-do-vento, anêmona e flor-de-Páscoa.

Benefícios da pulsatilla

A mesma é bastante indicada para combater insônia, cólicas digestivas, para estimular a atividade dos ovários, regular o ciclo menstrual, tratar dores neválgicas entre outros casos relacionados à saúde. A mesma é também emética, sudorípara e expectorante.

Pulsatilla: benefícios e propriedades desta planta para a saúde

Foto: Pixabay

Dotada de propriedades emenagogas, antiespasmódicas, antibióticas e antimitóticas, a pulsatilla tem como princípios ativos saponinas, anemonina e taninos. Suas partes utilizadas são flores, raiz e folhas.

Principais indicações da pulsatilla

Perturbações venosas
Perturbações ginecológicas
Puberdade tardia
Síndrome pré-menstrual
Perturbações da menstruação
Perturbações digestivas (dispepsias)
Rinofaringite (crônica e aguda)
Febre
Papeira
Enuresia
Terçolhos

Tintura da pulsatilla

Preparada por meio da utilização da planta estando florida e fresca, a tintura-mãe da pulsatilla é conhecida como uma das principais receitas naturais preparadas a partir desse vegetal. A mesma é dotada de saponócidos, ranunculósida e taninos, os quais promovem ações antiespasmódicas, antienxaquecas, sedativas, antinevrálgicas, antibacterianas, vesicantes e ainda capazes de atuar no controle da secreção da bílis.

Veja mais!