Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Com até 50 cm de altura, o psyllium, cujo nome científico é Plantago psyllium L. é uma planta com propriedades medicinais que produz flores brancas agrupadas na ponta da haste, de forma semelhante a uma espiga. A planta, da espécie plantago ovata cresce principalmente em solos áridos e arenosos, de forma espontânea. Seu nome deriva do grego psylla, que significa pulga. O nome foi dado dessa forma pelo fato de suas sementes serem pequenas e com formato semelhante ao das pulgas.

Psyllium - Laxativo e emagrecedor

Foto: Reprodução

Benefícios e propriedades

Com ação laxativa, o psyllium é indicado para casos de prisão de ventre e constipação crônica, facilitando a evacuação inclusive em situações em que a dificuldade é normal, como a gravidez, hemorroidas, selenidade, convalescença e períodos pós-operatórios.

Além disso, seu consumo parece aumentar os efeitos de redução no colesterol de dietas pobres em gorduras, de acordo com estudos, e reduz o risco estimado de doenças cardíacas.

O emagrecimento com psyllium

O psyllium funciona ainda como um auxiliar para quem busca o emagrecimento, pois aumenta a sensação de saciedade diminuindo a fome. Além disso, contém nutrientes que se juntam às moléculas de carboidrato na hora da digestão, impedindo que sejam absorvidas pelo organismo que é obrigado a buscar energia na reserva de gordura do corpo.

Contraindicações

O consumo é contraindicado para mulheres que estejam com cólicas abdominais com razões desconhecidas. É contraindicado ainda aos pacientes com doenças inflamatórias do sistema gastrointestinal, obstrução intestinal e úlceras.

É possível que seu consumo esteja associado com a redução da absorção de determinados minerais e glicosídeos. Recomenda-se que quando o paciente fizer uso de outros medicamentos, esse seja feito duas horas após o consumo do psyllium.

Modo de uso

O consumo pode ser feito na forma de cápsulas ou em pó. O pó, mais utilizado, pode ser misturado na proporção de uma colher de sopa em um copo de água, suco ou vitamina. Além disso, pode ser consumida junto a saladas de fruta, iogurtes, etc. O consumo ideal é feito durante a manhã, em jejum, aumentando os efeitos e ajudando a emagrecer. A quantidade indicada é de duas colheres de sopa do pó por dia, uma de manhã e outra de noite. A ação com fins laxativos atinge seu efeito entre 12h e 3 dias após o consumo.

Veja mais!