Publicado por Débora Silva
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A própolis é uma substância produzida pelas abelhas para proteger a colmeia de doenças, combatendo bactérias, fungos e vírus. É formada pela mistura de substâncias colhidas do pólen e das árvores com as secreções da própria abelha, originando este produto rico em aminoácidos, vitaminas e bioflavonoides que possui um poderoso efeito antioxidante e ação antibacteriana.

Registros históricos indicam que o produto já era utilizado pela humanidade há tempos: os egípcios e gregos utilizam a própolis como antisséptico e para embalsamar os mortos, combatendo os decompositores; os incas a utilizavam para tratar febre; os legionários do Império Romano utilizavam a substância para curar feridas; os gregos a utilizavam como cicatrizante interno e externo; e o historiador romano Plínio refere-se à própolis como um medicamento capaz de reduzir inchaços e aliviar dores.

Própolis - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Os benefícios e as indicações de uso da própolis

Com propriedades medicinais antimicrobianas, cicatrizante, antisséptica, anestésica e anti-inflamatória, a própolis pode ser indicada para tratar diversas doenças causadas por vírus, bactérias e fungos.

  • Ação antibacteriana: A própolis é popularmente conhecida como um antibiótico natural e possui a vantagem de destruir as bactérias nocivas e preservar as benéficas, como as bactérias da flora intestinal;
  • Antiviral: Além de atuar na prevenção de constipações, pneumonias, resfriados e doenças do aparelho respiratório, a própolis é uma forte aliada no combate dos vírus da herpes e da gripe;
  • Antifúngica: Esta substância também atua no combate a fungos como, por exemplo, a Candida albicans, responsável por infecções vaginais, bucais e no sistema digestivo;
  • Imunoestimulante: Segundo alguns estudos, a própolis atua no fortalecimento do sistema imunológico, sendo um potente agente anti-infeccioso;
  • Antioxidante: As propriedades antioxidantes presentes na substância combatem os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce e por doenças;
  • Anticancerígena: Algumas pesquisas realizadas verificaram a capacidade de alguns tipos de própolis de inibir o crescimento de células cancerígenas e de destruir parcialmente as já existentes;
  • Cicatrizante: A própolis é eficaz no tratamento de dermatites, feridas, úlceras e queimaduras.

Como utilizar a própolis?

A própolis pode ser encontrada à venda nos mercados sob várias formas, sendo que todas elas possuem o mesmo efeito no organismo.

Para combater gripes e resfriados, pode-se acrescentar algumas gotas de própolis ao mel, chás ou sucos. Em casos de feridas e queimaduras, pingue algumas gotas diretamente na pele para limpar e cicatrizar.

A própolis é contraindicada para indivíduos alérgicos à substância e só deve ser utilizada durante a gravidez ou lactação sob orientação médica.

Veja mais!