Publicado por Nayla Georgia
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Quantas vezes não ouvimos por aí que trocar o açúcar pelo mel é mais saudável, não é? O mel é um adoçante natural riquíssimo em nutrientes que só fazem bem para a saúde, como as vitaminas A, B, C e E, proteínas, cálcio, fósforo, zinco, potássio, ferro, sacarose e glicose, por exemplo. O que muitos desconhecem é que esse produto da Natureza é também um ótimo remédio natural para prevenir doenças e melhorar a pele. Até mesmo algumas linhas de cosméticos investem nas propriedades encontradas no mel para fazer xampus, sabonetes e hidratantes.

Os benefícios do mel

Foto: Reprodução

Benefícios e propriedades

Rico em propriedades anti-inflamatórias e antibióticas, o mel ajuda a tratar gripes, resfriados e casos de sinusite. Ele também previne o envelhecimento precoce e protege o organismo de doenças, aumentando a imunidade com a sua propriedade antioxidante. Com esse ingrediente feito pelas abelhas é fácil prevenir o corpo de anemia, aumento de colesterol mau, infartos e vários outros problemas. Quem sofre de insônia, prisão de ventre e desestabilidade no sistema nervoso também é beneficiado com os poderes do mel. Adicionado a outros ingredientes, como a canela e o limão, pode ficar ainda mais saboroso e tratar até outras enfermidades.

Como consumir?

Existem várias maneiras de adicionar o mel ao cardápio diário. Apenas duas colheres de sopa fazem um efeito excelente para a saúde, adicionando muitas vitaminas e demais nutrientes. É possível colocar nas fruas, no iogurte natural, biscoitos, pães, cereais, panquecas e ainda adoçar o leite, café, suco e chá. O poder adoçante do mel é mais eficaz do que o do próprio açúcar, além de que é bem menos calórico (1 colher de chá contém 25 calorias).

Alguns tipos de mel

  • Silvestre: É tido como um laxante, tônico energético e estimulante da imunidade no organismo. A cor mais clara pode ser ingerida por crianças e idosos, já a mais escura os menores devem evitar.
  • Laranjeira: Alguns consideram o mel de laranjeira o mais saboroso, por seu gostinho que lembra a fruta. É um ótimo calmante, previne cãibras e distensões nos músculos, além de ser bom para regular o intestino.
  • Cipó-uva: Possui uma propriedade que atua na limpeza do fígado, é expectorante, desintoxicante e laxante natural.
  • Própolis e lótus: Esse mel é expectorante e dilata os brônquios. É bom para quem tem asma, amigdalite e sofre de bronquite.
  • Própolis e eucalipto: Essa dupla de ingredientes é a favorita para tratar a gripe e a sinusite. Ajuda a melhorar os problemas nos brônquios e é anti-inflamatório.

Lembre-se!

Gestantes, lactantes e diabéticos só devem tomar mel sob indicação médica. Já crianças de até um ano não devem ingeri-lo de forma alguma.

Veja mais!