Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

De nome científico fragaria vesca, o morangueiro silvestre pode ser também encontrado pelos nomes de moranga ou fragária. Trata-se de um morangueiro que dá morangos diferentes do morango comum. As folhas são mais dentadas e pequenas do que as do morangueiro tradicional, que fornece o morango que estamos acostumados a comprar.

Também conhecido ainda pelos nomes populares de morangueiro bravo, frutilha, fragola comune, fraise, fresa, entre outros, o morangueiro silvestre é uma planta medicinal repleta de benefícios à saúde.

Benefícios e propriedades

O morangueiro silvestre possui excelentes propriedades benéficas à saúde, como sua ação como adstringente, amaciante, analgésico, anti-anêmico, anti-inflamatório, aperiente, calmante, cicatrizante, despigmentador, digestivo, diurético, emoliente, fortificante, hidratante, nutritivo, rubefaciente, umectante e vermífugo.

Atua no combate às manchas da pele, afecções das vias urinárias, anemia, azia, cálculos renais, catarros gástrico e intestinal, doença de chagas, diarreia, doenças do intestino, dores de dente, febre, feridas, problemas no fígado, gota, inflamações na boca e na garganta, inflamações nos rins e na bexiga, mau hálito, problemas nos nervos, pequenas queimaduras, retenção de urina, reumatismo e úlceras.

Suas partes usadas são as folhas, frutos e raízes.

Morangueiro silvestre e seus benefícios para o organismo

Foto: Reprodução/ internet

Como consumir?

Para mau hálito, anemia, nervosismo, catarro intestinal e gástrico, diarreia, cálculos renais, febre, gota, dores de dente, afecções das vias urinárias e rins, deve0-se fazer a infusão das folhas em gargarejos.

O chá das raízes é útil para o tratamento de inflamações na boca e na garganta, assim como para doenças do intestino. Os enxaguatórios bucais feitos com o chá ajudam ainda a clarear os dentes.

Use o cataplasma para tratar chagas, feridas, úlceras, pequenas queimaduras, e o purê ou o suco feito com as folhas e dos frutos maduros é excelente para fazer máscaras faciais para peles normais, trazendo efeito de combate às rugas e também para reavivar a cor das peles pálidas, reduzir a aparência de manchas e sardas e tratar frieiras. Para a sua ação como calmante, pode ser usada também na forma de banho de imersão.

Como preparar o chá

Para preparar o chá, você vai precisar de:

– 1 colher de chá das folhas secas
– 1 xícara de água

Coloque a água em um recipiente e leve ao fogo. Quando alcançar fervura, desligue. Coloque as folhas em uma xícara e jogue a água fervente por cima. A dose indicada é de 3 xícaras por dia, ou ainda para gargarejos.

Cuidados e contraindicações

É preciso tomar cuidado com o consumo quando houver alergia aos componentes da planta. A planta é contraindicada também para pacientes portadores do diabetes.

Antes de consumir qualquer medicamento, mesmo que natural, procure orientação médica, pois existem interações medicamentosas, e é preciso saber o que é melhor para cada situação.

Efeitos colaterais

Quando usada externamente, a planta pode causar reações alérgicas.

Veja mais!