Publicado por Débora Silva
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Você já viu um maxixe? Se você ainda não conhece, saiba que esta hortaliça traz muitos benefícios à nossa saúde. De nome científico cucumis anguria L., o maxixe é uma hortaliça originária da África e trazida para as terras brasileiras pelos escravos. Com sabor suave e baixo valor calórico, este alimento não é muito familiar para a maioria das pessoas que vivem no Sul e Sudeste do Brasil, no entanto, é bastante explorado pela culinária do Norte e Nordeste do país.

Esta hortaliça é fonte de minerais e pode ser usada no preparo de sucos, saladas e pratos como farofas e refogados. Neste artigo, conheça os benefícios do maxixe e saiba como incluí-lo no seu cardápio.

Propriedades e benefícios do maxixe

O maxixe contém vários nutrientes muito importantes para o bom funcionamento do nosso organismo, tais como o betacaroteno, as vitaminas do complexo B e C, e minerais como o zinco, cálcio, ferro, fósforo, magnésio e sódio.

Devido à elevada concentração de sais minerais e vitaminas, o maxixe ajuda no bom funcionamento do metabolismo das proteínas e no fortalecimento do sistema imunológico.

Maxixe pode auxiliar na cicatrização de ferimentos

Foto: Reprodução/ internet

Dentre os minerais presentes no maxixe, o zinco ganha destaque: este mineral é importante para o funcionamento adequado de todos os tecidos do corpo e para o metabolismo do açúcar e de proteínas. Também devido à elevada concentração de zinco, o maxixe auxilia na prevenção e no combate aos distúrbios da próstata, reduz a concentração do “mau” colesterol (LDL), atua na cicatrização de diversos ferimentos e elimina manchas brancas nas unhas.

Os nutrientes presentes nesta hortaliça também fazem com que ela possa ser útil no tratamento de casos de cálculo renal, hemorroidas, inflamação dos rins e vômitos.

Receitas com maxixe

Os benefícios proporcionados pelo zinco são praticamente perdidos durante o cozimento e, por este motivo, recomenda-se que o maxixe seja consumido cru, acompanhando uma salada de tomate, cenoura e alface.

Confira a seguir algumas receitas com maxixe:

Suco de maxixe

Raspe um maxixe e corte-o ao meio. Depois, acrescente um copo de água e bata tudo no liquidificador, durante cinco minutos. Coe e beba.

Este suco é indicado para as pessoas que sofrem de diabetes e deve ser tomado duas vezes ao dia: em jejum e 30 minutos após o jantar. O suco de maxixe também pode ser preparado junto com maçã e cenoura; laranja; ou maçã e salsão.

Maxixe refogado

Ingredientes:

– 2 colheres de sopa de óleo ou azeite;
– 11 unidades de maxixe liso fatiado;
– Meia cebola roxa picadinha;
– 2 dentes de alho picadinhos;
– 1 tomate maduro;
– 1 colher de chá de urucum;
– 1 pedaço de pimentão vermelho;
– 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes;
– 2 colheres de sopa de coentro picado;
– 1 colher de chá de sal;
– Meia xícara de água.

Modo de preparo:

Numa frigideira, aqueça o óleo (ou azeite) e acrescente a cebola e o alho, refogando até dourar. Numa panela pequena, coloque todos os outros ingredientes, despeje o refogado por cima, cubra com água e tampe. Vá monitorando a água, adicionando aos poucos e cozinhe até o maxixe ficar macio.

Veja mais!