Publicado por Débora Silva
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A marapuama, de nome científico Ptychopetalum uncinatum A., é um arbusto comumente encontrado no norte do Brasil, e possui flores de cor branca com um perfume característico forte e penetrante. Também popularmente conhecida como liriosma, pau-homem, muirapuama e muiratã, esta planta nativa da floresta amazônica é utilizada pelos povos indígenas do Brasil há muito tempo. A marapuama contém vários ácidos em sua composição, dentre eles o araquídico, lignocerico, behenico, campesterol, além de alcalóides, fitoesterois, éster e óleos essenciais. A planta pode ser encontrada em farmácias e lojas de produtos naturais.

Marapuama - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Propriedades da marapuama

  • Ação afrodisíaca;
  • Antidisentérica;
  • Antirreumática;
  • Antiestresse;
  • O chá da planta é um tônico neuro-muscular;
  • Excitante.

Benefícios e indicações de uso

Devido às suas propriedades, o chá de marapuama auxilia no combate à impotência sexual, atua contra a debilidade, gripes, melhora a circulação sanguínea, aumenta a libido, combate o estresse e a fadiga, melhora a memória e é ótima para fornecer energia.

Além disso, a planta ajuda a tratar artrose, depressão, fraqueza, disfunções intestinais, beribéri, desinteria, vermes, queda de cabelo, reumatismo, inchaço e celulite, esta última quando utilizada em forma de extrato.

Como usar a marapuama?

A planta pode ser encontrada nas formas de extrato seco, em pó ou tintura. Confira a seguir a receita do chá feito a partir de suas cascas picadas:

Receita do chá de marapuama

Ingredientes:

  • Duas colheres de sopa de lenho/casca (picados) da marapuama;
  • 1 litro de água mineral.

Modo de preparo:

Adicione duas colheres (sopa) do lenho/casca da marapuama em um litro de água. Deixe cozinhar por 4 ou 5 minutos a partir do momento em que começa a levantar fervura. Após esse período, retire do fogo e deixe repousando, com o recipiente tampado, por 10 minutos. Depois é só coar e beber. Pode ser consumido gelado. A indicação de consumo é de duas a três xícaras do chá ao dia.

Efeitos colaterais e contraindicações

Os efeitos colaterais causados pelo uso da marapuama podem incluir tremor das mãos, palpitações e ejaculação precoce. A utilização da planta está contraindicada durante o período de gravidez, lactação e em pacientes com hipertensão ou problemas cardíacos. Os cuidados estendem-se às crianças e aos idosos, que devem ter atenção ao consumir a marapuama, preferencialmente somente fazê-lo com acompanhamento profissional.

Veja mais!