Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Também conhecida como toranja, jamboa ou laranja-romã, o grapefruit é uma fruta cítrica com um sabor peculiar que mescla o ácido, o azedo e o doce. Resultante do cruzamento do pomelo com a laranja, o fruto é um citrino híbrido. A suculência é semelhante à da laranja, e sua coloração é puxada para o avermelhado. Consumida ao natural, em suco ou cozida e assada, a toranja possui muitos benefícios para a saúde e o bem estar.

Grapefruit - Deliciosa, benéfica e emagrecedora!

Foto: Reprodução

Propriedades e benefícios

Presente em dietas para grávidas, a fruta ajuda a prevenir problemas no parto, além de acelerar a cicatrização. Suas propriedades atuam ainda como fungicidas, no combate à fibrose cística e às dores nas juntas. Além disso, devido ao alto nível de vitamina C, a fruta ajuda no fortalecimento do sistema imunológico, principalmente durante gripes e resfriados.

Fonte de antioxidantes, fitonutrientes e ácido salicílico, o consumo da fruta ajuda no combate aos radicais livres, retardando o envelhecimento precoce, além de auxiliar no combate à doenças graves como o câncer. Por ser rica em fibras, ajuda no bom funcionamento do intestino, além de atuar no combate aos ácidos graxos, ajudando no emagrecimento. É eficaz ainda na intensificação do metabolismo, aumentando a queima calórica. Seu consumo ajuda ainda a proteger o coração de doenças vasculares, a reduzir o colesterol e as placas de aterosclerose. O fruto é rico em vitaminas C, A, B1, B2, B3, B5, B6 e E.

Grapefruit e o emagrecimento

Com a promessa de eliminar de 5 a 10 quilos em dez dias, a dieta do grapefruit ou toranja tem conquistado mais adeptos constantemente. A dieta consiste em comer ou tomar suco de ½ toranja em cada uma das refeições.

Recomenda-se que, nesta dieta, você tome suplemento multi vitamínico, uma vez que o fruto fornece nutrientes mínimos. No período da dieta, você não deverá comer sobremesas, pães, cachorro-quente, massas, molhos, queijo, maionese e legumes brancos. Você pode consumir milho, grãos, cebolas vermelhas, cebolinha, pimentão, rabanete, pepino, brócolis, alface, repolho, cenouras, ervilhas e carnes. O correto é alimentar-se até sentir-se satisfeito, e é essencial que você consuma pelo menos 8 copos de água ao dia. Confira abaixo uma sugestão de cardápio:

Café da manhã

  • ½ grapefruit sem açúcar;
  • 2 ovos preparados de forma que lhe agrade;
  • 2 fatias de bacon de peru;
  •  1 fatia de pão integral com chá sem açúcar.

Almoço

  • ½ grapefruit sem açúcar;
  • Salada verde temperada a gosto;
  • Carne preparada a gosto.

Jantar

  • ½ grapefruit sem açúcar;
  • Vegetais vermelhos/verdes crus ou cozidos na manteiga ou em banho maria com sal e tempero;
  • Carne, frango ou peixe cozido a seu gosto.

Contraindicações

O consumo da fruta é contraindicado para usuários de medicamentos, uma vez que alguma propriedade presente nela inibe a produção de uma enzima do corpo que é responsável pela absorção dos medicamentos. O consumo de medicamentos e da fruta, quando concomitantes, podem ocasionar em altas dosagens dos remédios na corrente sanguínea e overdose.

Veja mais!