Publicado por Débora Silva
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Originária das regiões da África e da Arábia, a mirra (commiphora myrrha) é um arbusto cujo nome é bastante conhecido na história cristã, por ser um dos presentes que os Reis Magos levaram ao menino Jesus no seu nascimento. Também conhecida como mirra arábica, mirra verdadeira e incenso, esta pequena árvore pode alcançar até cinco metros de altura e é utilizada desde a antiguidade como um remédio natural depurativo e antisséptico.

Propriedades e benefícios da mirra

A mirra contém propriedades antisséptica, cicatrizante, antimicrobiana, desinfetante, rejuvenescedora, adstringente, analgésica tópica, aromática e estimulante, além de anti-inflamatório para boca e faringe. Devido às suas propriedades medicinais, ela é bastante eficaz no tratamento de infecções na pele e na boca.

Essa planta auxilia também no fortalecimento das gengivas, rejuvenescimento da pele (suaviza o aspecto de pele enrugada e envelhecida) e no tratamento de acne, aftas, úlceras e alergias de pele.

A parte utilizada da planta é a resina, a qual é exalada quando cortada. A mesma é útil ainda no tratamento de contusões, entorses, torcicolo e nevralgia. A tintura de mirra é usada em gargarejos e bochechos para aliviar dores de garganta, inflamações da gengiva e ferimentos na boca. Além disso, devido às suas propriedades antissépticas e adstringentes, essa planta também é usada para tratar problemas no sistema digestivo e ainda na composição de produtos cosméticos, como desodorante corporal.

Chá de mirra para combater infecções na pele e na boca

Foto: Reprodução/ internet

Como usar a mirra?

A mirra pode ser comprada em farmácias de manipulação e em algumas lojas de produtos naturais, sendo encontrada em forma de óleo, incenso e repelente para insetos. A planta produz um óleo que é usado em massagens relaxantes e pela indústria cosmética na fabricação de produtos contra acne e desodorantes.

Chá de mirra

O chá feito com as folhas da mirra é naturalmente analgésico e anttiséptico, com propriedades anti-inflamatórias que ajudam no tratamento de inflamações na gengiva, aftas, cortes na boca, irritação da garganta e outros problemas na faringe.

Para preparar este chá, adicione 1/4 de xícara de xícara de mirra e 1/4 de xícara de sal marinho em uma xícara de água fervente. Quando a mistura esfriar, bocheche e cuspa, uma vez ao dia.

O hábito de fazer bochechos com chá de mirra ajudará a manter os dentes saudáveis e a fortalecer o tecido das gengivas. Caso queira tratar outros problemas como contusões e dores musculares, basta fazer uma compressa com o chá da planta.

Precauções

A mirra interfere com tratamento para diabetes e, por isto, os diabéticos devem ter orientação médica. Lembre-se que todo e qualquer tratamento, inclusive o natural, só deve ser acompanhado por um profissional competente.

Veja mais!