Chá de chapéu de couro – Benefícios e propriedades

Dona do nome científico Echinodorus grandiflorus, o chapéu de couro é uma planta semiaquática que nasceu em região brasileira. É também conhecida popularmente como aguapé, chá de campanha, erva do pântano, erva do brejo e chá mineiro. Ela é muito comum em regiões do sudeste, principalmente em Minas Gerais e São Paulo. Essa planta herbácea é muito usada para fins medicinais, afinal tem efeitos depurativos, diuréticos, anti-inflamatórios e muito mais.

Chá de chapéu de couro – Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Os benefícios e propriedades do chá de chapéu de couro

  • Combate inflamações, com sua propriedade anti-inflamatória;
  • Consegue dar alívio a dores;
  • É também utilizado para o tratamento do ácido úrico;
  • Trata problemas no estômago, como a estomatite;
  • Infecção urinária pode ser cuidada com esse chá;
  • É eficiente no trato dos problemas com a pele, tais como vitiligo;
  • Feridas e picadas de cobras podem ser tratadas com esse chá;
  • É bom para amigdalite, faringite, gengivite, resfriados e gripes;
  • Consegue dar mais energia, pois é energético;
  • Casos de artrite, reumatismo e arteriosclerose podem ser tratados também com esse chá;
  • O chá pode ser eficiente para controlar a pressão sanguínea;
  • Quem sofre de prisão de ventre pode se beneficiar da propriedade laxante desse chá;
  • Lumbago, hérnias, sífilis, litíase, nefrite e bócio são outras patologias beneficiadas com o consumo do chá de chapéu de couro.

Como fazer o chá de chapéu de couro?

Fazer o chá é bem simples. Basta separar 20 gramas das folhas em uma panela e colocar um litro de água fervente para que fique em infusão por alguns minutos. Tampe a panela, deixe que esfrie, coe o chá e beba de 3 a 4 xícaras ao dia.

Na dúvida, consulte um médico!

Apesar de terem sido realizados muito poucos estudos sobre essa planta semiaquática, o chapéu de couro não apresentou efeitos tóxicos. Contudo, assim como é a história para todos os tratamentos naturais, a melhor saída é sempre procurar um profissional para dizer se o seu uso é indicado. Cada caso é único, por isso deverá ser feito algum estudo acerca de seu problema para que o médico receite o chá de chapéu de couro como tratamento natural. Evite ao máximo se automedicar, pois as consequências podem ser muito perigosas.