Publicado por Beatriz Helena Cano
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Conhecidas por terem sido usadas nas experiências de Mendel, que conseguiu comprovar a herança genética, as ervilhas estão relacionadas diretamente à formação óssea a prevenção do envelhecimento precoce.

Benefícios e propriedades da ervilha

Foto: Reprodução

Existem dois tipos de grãos: os lisos, que são menores e menos doces e o rugoso, que são maiores e mais saborosos. Ambos são retirados da vagem da ervilha.

Propriedades da ervilha

Vegetal pouco calórico, a ervilha carrega alta taxa de antioxidantes, propriedades que combatem os radicais livres responsáveis pelo ataque celular e, consequentemente, envelhecimento precoce.

Os benefícios da ervilha ainda estão relacionados à quantidade de sais minerais que carrega, entre eles estão: cálcio, fósforo, ferro e potássio, além do enxofre. Estas substâncias são responsáveis pela formação dos tecidos.

A ervilha ainda é rica em proteína de origem vegetal; vitamina A, importante para a formação óssea; vitamina K, que ativa a osteocalcina, proteína que ajuda na absorção do cálcio; vitaminas do complexo B, que contribuem para as células metabólicas responsáveis pela produção de energia; vitamina C, antioxidante natural que contribui para os processos de cicatrização; e ácido fólico, substância indispensável para formação e funcionamento do sistema nervoso.

Diminuição do colesterol e dos níveis de açúcar também estão entre os benefícios da ervilha. Rica em fibras solúveis, o vegetal controla o colesterol e emagrece, pois controla a liberação de açúcar no sangue e diminui a absorção da gordura ruim.

Benefícios da ervilha

  • Ajuda na formação dos ossos
  • Aumenta absorção do cálcio
  • Melhora o funcionamento do sistema nervoso
  • Fornece energia para práticas de atividade físicas
  • Favorece o processo de cicatrização
  • Previne o envelhecimento precoce
  • Controla o colesterol
  • Diminui o nível de açúcar no sague

Como consumir

O consumo da ervilha deve estar aliado a hábitos saudáveis. Usar o vegetal como ingrediente para pratos calóricos e gordurosos não surte efeito. A alimentação precisa ser equilibrada e saudável.

Opções saudáveis com ervilha são saladas ou sopas. É importante aliar a dieta a exercícios físicos.

Veja mais!