Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A fruta exótica conhecida pelo nome de sapoti tem um sabor bastante adocicado. E apesar de não ser muito conhecido, o sapoti, cultivado principalmente na região Norte e Nordeste do país, traz muitos benefícios à saúde quando consumido de forma regular.

Cultivo do sapoti

Na região onde é cultivada, é muito popular, e cresce no sapotizeiro, uma planta que pertence à família das sapotaceae e é perene. Originário das florestas tropicais da América Central, de locais como México e Belize, o sapoti se espalhou ao redor do mundo e é bastante importante no comércio cultural da Índia, Sri Lanka, Indonésia e Malásia.

A planta fornece, anualmente, em torno de 2 mil frutos e é bastante resistente à seca e aos ventos, mas, quando em irrigação e durante o verão, tem melhores resultados na produção do fruto.

O sapoti é redondo e com aproximadamente 10 centímetros de diâmetro e cinco centímetros de comprimento. A coloração é marrom e a carne é levemente perfumada, com textura suavemente granulada. A polpa, quando em frutos verdes, tem a cor branca e possui um látex bastante pegajoso que é conhecido como saponina.

Benefícios do sapoti para a saúde

Foto: Free Images

Benefícios e propriedades do sapoti para a saúde

Por ser rico em vitaminas e minerais, como a vitamina C, o sapoti ajuda a melhorar a imunidade do corpo, aumentando, portanto, a resistência. Ajuda ainda no combate ao envelhecimento, devido à presença de vitamina A, que combate os radicais livres. O fruto ajuda também no emagrecimento, apesar da quantidade de calorias (cada 100 g tem em média 96 kcal), já que ajuda a transformar o açúcar do sangue em energia. A presença de vitamina B1 também ajuda no metabolismo de carboidratos, diminuindo a absorção.

Ajuda na digestão e revitaliza o corpo de forma instantânea. É rico em taninos, vitaminas e antioxidantes. Possui efeito anti-inflamatório, antiviral, antibacteriano e antiparasitário, sendo bastante útil ainda como hemostático e antidiarreico. Ajuda no tratamento da gastrite, esofagite de refluxo, enterite e distúrbios intestinais irritantes.

Quando maduro, é fonte de ferro, cobre, potássio, folato, niacina e ácido pantotênico, sendo excelente para a promoção da boa saúde e para o bom funcionamento do metabolismo do corpo. Devido a presença de vitamina A, ajuda a proteger o pulmão e cancro da cavidade oral, melhora a visão entre outros benefícios.

Rica em fibra solúvel, a fruta ajuda a melhorar a digestão, sendo bastante indicada, inclusive, para tratar e prevenir a constipação, ajudando ainda a proteger contra infecções do trato digestivo. Ajuda ainda a combater o câncer e manter a saúde dos ossos.

Veja mais!