Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Geralmente considerado como um componente maléfico à saúde pela maioria da população, o sal, entretanto, representa um nutriente essencial para o bom funcionamento do corpo humano, desde que consumido de forma moderada.

O sal rosa do Himalaia

Entre os vários tipos disponíveis no mercado, um dos que mais tem ganhado destaque como excelente agente para a saúde do organismo é o sal rosa do Himalaia. Tal fato é decorrente de pesquisas realizadas que identificaram que os depósitos naturais desse tipo de sal cristalizado ficaram sob camadas de lava há 200 milhões de anos, tornado-se assim locais “puros”, sem poluentes e desprovidos de toxinas nocivas à saúde.

Na culinária, o sal do Himalaia pode ser empregado inteiro ou moído, igualmente ao sal típico de cozinha. Todavia, o mesmo deve ser consumido com moderação, pois possui quase o mesmo teor de cloreto de sódio do tradicional sal marinho.

Benefícios do sal rosa do Himalaia para a saúde

Foto: Reprodução/ internet

Benefícios deste sal

É dotado de extensa quantidade de mineiras, mais de 80 tipos. Possui magnésio em abundância, fator que fortalece ainda mais o sistema imunológico. E é considerado o sal mais puro da Terra, sendo essencial para prevenir cãibras e fortalecer os músculos.

Esse tipo de sal é também rico em propriedades desintoxicantes, que auxiliam na eliminação de toxinas e na purificação do sangue. Além disso, o sal do Himalaia estimula a saúde digestiva e previne gases e a prisão de ventre.

Por fim, o mesmo é ainda capaz de controlar úlceras e alergias, isso devido sua atuação como anti-histamínico, além de equilibrar a pressão arterial e melhorar a circulação sanguínea.

Veja mais!