Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A vitamina F (ácido graxo essencial), assim como outras como a vitamina A e B auxiliam na prevenção de várias doenças e transtornos no organismo humano de forma eficaz e consistente. Os alimentos que contêm esse nutriente promovem uma constante manutenção no organismo, promovendo um completo processo para revigorar a saúde corporal. Para usufruir desses benefícios, basta seguir os níveis corretos de ingestão diária de vitamina F.

Já ouviu falar na gordura saturada? Aquela que prejudica o organismo por causar a obstrução das artérias? Pois bem. O controle dessa substância prejudicial ao corpo humano é um dos principais atributos benéficos da vitamina F.

A vitamina F e seus benefícios

Os alimentos considerados fontes de vitamina F são capazes de:

  • Estimular a boa saúde da pele e dos cabelos
  • Prevenir o reservatório de colesterol nas artérias
  • Queimar as gorduras saturadas, uma vez que causam complicações à saúde humana
  • Defende o organismo contra os efeitos maléficos causados pelos Raios X
  • Atua contra doenças cardíacas

O consumo de vitamina F

A ingestão feita durante as refeições é a opção mais indicada para obter os benefícios da vitamina F, sobretudo se a ingestão de carboidratos for elevada e/ou se o nível de colesterol estiver além do normal.

Os ácidos graxos essenciais são empregados, sobretudo, em cosméticos que têm a função de permitir que a pele fique macia em decorrência do efeito antiqueratinizante. Comumente, são aplicados para o tratamento contra as peles rachadas, envelhecidas e secas.

Efeitos maléficos da vitamina F

Acne e eczema. Esses são dois transtornos causados ao corpo pelo vitamina F quando consumida além das dosagens bem aceitas pelo organismo humano.

A vitamina F nos alimentos

Benefícios da vitamina F para a saúde

Foto: Pixabay

A seguir, confira a lista de alimentos ricos em vitamina F:

1 – Óleos vegetais de germe de trigo, assim como o de linhaça, de girassol, de soja, de amendoim, de caroço de uva e de açafrão
2 – Amêndoa
3 – Semente de girassol
4 – Óleo de oliva
5 – Abacate
6 – Noz-pecã
7 – Óleo de peixe

Recomendações importantes

  • Para que a absorção da vitamina F seja a mais adequada possível, recomenda-se que a mesa seja consumida juntamente com a vitamina E.
  • Quanto mais carboidratos você consumir, mais vitamina F também deverá ingerir.
  • Em casos do nível de colesterol fora do normal, amplie o consumo de vitamina F.
  • Dê atenção redobrada aos programas de dieta que se utilizam de extensas quantidades de gorduras saturadas.

Origem do nome

A nomenclatura vitamina F existe em decorrência dos ácidos graxos essenciais, que existe, sobretudo, em gorduras. Por conta disso, nos idiomas alemão e inglês americano  gordura significa, respectivamente, “Fett” e “Fat”.

Veja mais!