Publicado por Débora Silva
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Pertencente ao grupo de vitaminas lipossolúveis, a vitamina A, também chamada de retinol, é um importante nutriente de ação antioxidante que age de diversas maneiras no organismo, sendo responsável pelo crescimento ósseo e dental, saúde da visão, desenvolvimento do esqueleto, proteção contra infecções, saúde da pele e integridade dos epitélios. A sua função antioxidante combate o envelhecimento precoce e doenças como o câncer, além de prevenir problemas como catarata, artrite e doenças cardiovasculares.

Para aproveitar os benefícios proporcionados por esta vitamina, é necessário acertar na dose, pois tanto o excesso quanto a deficiência podem trazer problemas às células do nosso corpo.

Fontes de vitamina A

Alimentos ricos em vitamina A

Foto: Reprodução/ internet

A vitamina A pode ser encontrada nos alimentos de origem animal, na forma de retinoides, e naqueles de origem vegetal, na forma de carotenoides, que inclui o betacaroteno. Confira a seguir quais são os alimentos ricos em vitamina A:

  • Fígado: O sabor do fígado não é agradável para muitas pessoas, mas este alimento fornece uma boa quantidade de vitamina A. Em vez de fritar, recomenda-se que a carne seja cozida ou assada, para evitar o acréscimo de gordura;
  • Cenoura: É rica em betacaroteno, substância que se transforma em vitamina A no organismo. Este alimento ajuda a reduzir o risco de câncer e retarda o envelhecimento. Recomenda-se que seja consumida crua, para que os seus nutrientes sejam bem aproveitados;
  • Ovos: Os ovos também são fontes de vitamina A. Uma dica para garantir a quantidade ideal do nutriente é preparar uma omelete de claras;
  • Espinafre: Além de ser rico em outros nutrientes, o espinafre também é uma boa fonte de vitamina A. É recomendado fazê-lo no vapor, para que os nutrientes sejam conservados;
  • Manga: A cor deste alimento já indica que ela contém betacaroteno. A melhor opção é consumi-la in natura;
  • Agrião: Além de fibras, que ajudam no bom funcionamento do intestino, uma salada de agrião fornece betacaroteno, que se transforma em vitamina A no organismo;
  • Couve: A couve também é um alimento rico em vitamina A. Uma boa opção é refogar a verdura com um fio de azeite e alho;
  • Mamão: Também contém betacaroteno e pode ser consumido no café da manhã ou no lanche entre as principais refeições;
  • Abóbora: A cor da abóbora sinaliza que ela é rica em betacaroteno, substância que é convertida em vitamina A dentro do organismo. Para incluí-la no seu cardápio, ela pode ser cozida no vapor, mantendo a maior quantidade de nutrientes possível;
  • Pimentão vermelho: Mais um alimento rico em betacaroteno;
  • Tomate: Com poucas calorias, o tomate fornece muitos nutrientes, incluindo a vitamina A;
  • Batata doce: Além de conter potássio, este alimento fornece uma boa quantidade de vitamina A;
  • Damasco seco: Esta fruta é rica em vitamina A é uma ótima opção para os lanchinhos entre refeições ou como acompanhamento de saladas.

Quantidade ideal

As vitaminas devem ser consumidas na medida certa, que é calculada pela idade e necessidade de cada indivíduo. A carência de vitamina A pode causar problemas na saúde, como a “cegueira noturna”, lesões na pele, infecções frequentes e o enfraquecimento do sistema imunológico.

O consumo do nutriente em excesso, por meio da suplementação, também pode causar problemas, como dores nos ossos e articulações, pele seca, tontura, náuseas, vômito, dor de cabeça e irritação cutânea.

Veja mais!